Como regular o intestino com 12 conselhos práticos

Como fazer cocô no mesmo horário? Veja as dicas!

Saber como regular o intestino é fundamental para melhorar o bem-estar de praticamente todo ser humano, pois isso pode evitar doenças crônicas e outros problemas sérios de saúde.

Seja para conseguir evacuar nos melhores horários da sua rotina ou para conter uma incontinência fecal, fazer o número 2 com uma boa frequência é crucial.

mulher com dor de barriga

Em geral, as principais causas de disfunções no intestino estão diretamente relacionadas com a alimentação. Pode ser desde uma dieta desequilibrada, com poucas fibras e líquidos, até mesmo uma reação alérgica a algum ingrediente.

Por esses motivos, a FreeBands preparou dicas de como regular seu intestino. Independente se ele está preso ou solto, neste post você vai ver 12 formas práticas de melhorar sua qualidade de vida na hora de fazer o nº2. Confira!

Como regular o intestino preso?

A forma mais prática de regular um intestino preso é melhorar a alimentação. Em geral, os problemas relacionados à constipação intestinal estão ligados a uma dieta pobre ou ao sedentarismo.

Esse problema pode fazer com que muitas pessoas façam força para evacuar, o que pode levar a doenças sérias! Então, é necessário evitar estas dores de cabeça – e na barriga. Veja as nossas 7 dicas para regular o intestino preso:

1. Consuma probióticos

Probióticos são microrganismos vivos que contribuem para a produção e o aumento de bactérias boas do intestino. Elas vão melhorar a digestão e absorção dos nutrientes.

Dessa forma, o sistema imunológico pode ficar mais forte e, consequentemente, o intestino tem um melhor funcionamento.

Em geral, probióticos são encontrados em iogurtes, kefir e leites fermentados. Além disso, é possível obtê-los na forma de suplementos alimentares, o que pode ser ideal para pessoas que têm dietas restritivas.

Contudo, a segunda opção de consumo deve ser feita somente sob a orientação de um médico nutricionista.

2. Coma fibras

As frutas, vegetais e cereais são ricos em fibras que melhoram o funcionamento do intestino. Isso auxilia na melhora de como os alimentos transitam dentro do intestino.

Com isso, estes alimentos ajudam a melhorar a produção de bactérias e fungos benéficos para o aparelho excretor.

cesta com frutas, verduras e legumes

Os alimentos ricos em fibras devem ser incluídos na dieta desde cedo. Eles são uma das partes fundamentais de uma alimentação balanceada. Ah, e auxiliam na prevenção da prisão de ventre infantil!

3. Evite os alimentos industrializados

Você deve ter percebido como uma alimentação balanceada é fundamental para o bom funcionamento do intestino. Logo, é muito importante ficar o mais longe possível dos alimentos industrializados.

Afinal, eles possuem muitos compostos que podem prejudicar a microbiota intestinal.

Outro sinal de alerta é que muitos produtos industrializados são cheios de açúcares e conservantes, os quais facilitam a produção de gases e o inchaço da barriga e, consequentemente, pioram o funcionamento do intestino.

4. Use orégano, tomilho e sálvia

Estas ervas aromáticas são capazes de melhorar o funcionamento do intestino por meio da melhora na microbiota da região. Além de tudo, elas dão um sabor muito melhor aos alimentos, não é mesmo?

Para isso, sempre opte pelo consumo de ervas frescas e dentro das quantidades recomendadas em uma dieta balanceada.

Está gostando das dicas? Outra causa comum do intestino preso é a vergonha de fazer o número 2 em locais públicos, então veja nosso post sobre como fazer cocô fora de casa!

5. Use vinagre de maçã

O vinagre de maçã é rico em pectina, que é uma fibra solúvel. Essa proteína é capaz de absorver parte da água, atuar como antioxidante, melhorar a digestão e a sensação de saciedade.

Tais benefícios vão atuar diretamente na regeneração da microbiota intestinal.

Então, use o vinagre de maçã como um grande aliado na sua busca por um intestino regulado. Ele pode ser consumido no tempero de salada ou no preparo de carnes, por exemplo.

6. Pratique exercícios físicos

Praticar exercícios físicos causa muitas mudanças no corpo. Além dos resultados relacionados à tonificação e ao condicionamento, eles também ajudam a liberar endorfina e serotonina.

homem fazendo exercício

Mas você sabia que a prática esportiva pode ajudar a regular o intestino?

A movimentação do corpo ajuda na produção de hormônios do intestino grosso. Isso faz com que esse órgão comece a funcionar melhor e, consequentemente, a constipação vai diminuir e, até mesmo, acabar.

Ou seja, a atividade física é importante para acabar com as fezes entaladas!

7. Beba água

A água provoca a lubrificação das paredes intestinais. Com isso, o bolo fecal consegue se movimentar com mais facilidade. Dessa maneira, você pode ir muito além daquele meme de manter a hidratação.

Seu corpo vai te agradecer muito se você tomar, ao menos, dois litros de água ao dia. Caso você tenha algum problema cardíaco ou renal, consulte seu médico sobre a quantidade ideal de líquido que deve ser ingerida.

Agora você já tem várias dicas de como regular seu intestino preso. Porém, muitas vezes, a constipação pode estar relacionada com a vergonha de ir ao banheiro. Nós temos um post sobre esse assunto que pode ser útil para você: veja dicas de como fazer o nº2 sem constrangimento!

Caso o seu problema seja o contrário e o intestino esteja solto, as estratégias devem ser outras:

Como regular o intestino solto?

O primeiro passo é identificar as causas. Afinal, a diarreia pode estar relacionada com alergias alimentares ou outros traumas variados. Em certos casos, o intestino solto pode ser sinal de algo mais grave e não deve ser tratado isoladamente.

Via de regra, sempre consulte um médico caso esse problema apareça.

Manter o sinal de alerta ligado é importante quando os sintomas da diarreia surgem. Contudo, algumas práticas podem ajudar a evitar que esse problema aconteça e até ajudar no controle desse sintoma.

Confira as nossas 5 dicas para regular o intestino solto:

1. Entenda as causas

Em geral, o intestino solto acontece por diversos motivos que podem, ou não, ter relação entre si. Por exemplo, pode ser uma infecção viral, bacteriana ou causada por outros parasitas.

Outra causa para a diarreia é a intoxicação alimentar. Em casos mais graves, este problema pode estar relacionado com a Doença de Crohn, doença celíaca e outras.

2. Fique de olho na alimentação

Muitas vezes, a causa do intestino solto pode ser alguma coisa que foi comida. Por isso, é importante ficar de olho no que você consome para entender se algum alimento foi responsável por te deixar evacuando mais que o normal.

Além disso, é de extrema importância ficar de olho na validade dos produtos. Afinal, consumir coisas estragadas pode levar, na melhor das hipóteses, a um piriri repentino.

Já que estamos falando de dietas, que tal ver nossa lista de alimentos que controlam a diarreia?

3. Reponha os líquidos

Caso você esteja evacuando de uma forma incomum, principalmente se as fezes estiverem líquidas, é importante evitar a desidratação. Por isso, em situações assim, é crucial consumir mais água que o normal.

mulher bebendo água da garrafa

Caso não haja nenhuma contraindicação, os isotônicos podem ser uma boa fonte de repor sais minerais e os líquidos perdidos.

Os períodos de diarreia devem ser tratados com atenção. Muitas pessoas pensam que um intestino solto é sinônimo de perda de peso e que isso pode ser um lado bom da doença. Porém, fazer cocô não emagrece!

4. Consuma potássio

Durante os períodos de diarreia o potássio é perdido em grandes proporções. Dessa forma, é preciso consumir alimentos que são ricos nesse mineral. Por exemplo, banana, batata sem casca e carnes brancas.

O potássio é importante pela manutenção e equilíbrio da quantidade de líquido dentro e fora das células, pela contração muscular e funcionamento cardíaco.

5. Não se automedique

Não é difícil encontrar remédios que interrompem, praticamente na hora, a diarreia. Porém, caso eles não sejam prescritos por um médico, as consequências podem ser muito sérias.

Afinal, pode acontecer a proliferação de microrganismos que o próprio corpo está tentando expulsar.

Existem várias formas caseiras que ajudam a regular o funcionamento do intestino. Em geral, elas têm como intuito repor as microbiotas do corpo. Quer saber quais são estes remédios caseiros? Então continue no post!

Qual o remédio caseiro para regular o intestino?

As melhores opções são linhaça, iogurte natural com ameixa preta e outros alimentos ricos em fibras. Além destes alimentos, existem algumas outras soluções caseiras que podem ajudar na constipação.

Um bom exemplo disso são os chás para intestino preso. Veja nossa lista com outros remédios caseiros para regular o intestino:

  • Vitamina de mamão com linhaça;
  • Iogurte natural com ameixa preta;
  • Grão de bico cozido;
  • Mamão in natura;
  • Quinoa;
  • Brócolis;
  • Feijões cozidos;
  • Maçã;
  • Abacate;
  • Suco de abacaxi com manga e pêssego;
  • Suco verde.

Os remédios naturais não fornecem soluções instantâneas assim como os sintéticos. Contudo, é importante lembrar que medicamentos devem ser administrados apenas com a recomendação de um médico.

Por esse motivo, o ideal é investir em alimentos bons para o intestino.

O intestino desregulado é um problema muito comum. Ele afeta pessoas em diversas fases da vida e em todos os cantos do mundo. Seja pela falta ou pelo excesso de evacuação, é fundamental saber como lidar com esse empecilho.

Neste post, você viu várias dicas de como melhorar o funcionamento do seu sistema excretor. Qual delas você ainda não sabia?

Ter o intestino preso pode levar a vários outros problemas, desde gases até o inchaço da barriga. É preciso saber como lidar com a constipação e unir essas estratégias com as dicas que nós demos neste post.

Dessa maneira, veja nosso conteúdo sobre como soltar o intestino e fique cada vez mais perto do seu bem-estar!

Deixe um comentário